PMF ABRIL

Um tempo para o nosso Coração

Qual a definição de tempo? Já parou para pensar que estamos cada dia mais e intensamente vivendo de acordo com o cumprimento de intermináveis atribuições e compromissos?

Por Rádio Princesa da Ilha FM 98.3 em 02/12/2021 às 10:54:21

Qual a definição de tempo? Já parou para pensar que estamos cada dia mais e intensamente vivendo de acordo com o cumprimento de intermináveis atribuições e compromissos? Meu questionamento vai mais além e me atrevo a perguntar: quanto deste tempo estamos dedicando ao que importa? A sua família, à sua casa, à Você?

Antes de dormir e analisar o seu dia, como se sente? Satisfeito com a certeza de missão cumprida ou frustrado pensando que poderia ter feito mais?

Acredito que grande porcentagem dos leitores se identificará com a segunda opção e confesso que eu também me enquadro ali. Essa conta nunca fecha e a sensação de tempo mal aproveitado tem se tornado lamentavelmente constante e se fosse somente por mim, nem teria me dado conta, precisei do apelo da minha filha de apenas 4 aninhos para refletir e confesso que doeu e muito!

Vou te contar o que houve: era uma tarde e estávamos em casa, ela com muitos, minúsculos e coloridos brinquedos espalhados no chão da sala, brincando e aparentemente muito feliz enquanto eu, pensando em tudo o que queria fazer e preocupada porquê não conseguiria cumprir nem a metade daquela minha lista mental. Começando a lavar a louça neste instante quando de repente, chega a Maria (minha filha), pedindo para vir no meu colo.

No primeiro momento eu disse: "Filha, a mãe precisa lavar esta louça, tenho um monte de coisas para fazer" e ela, determinada como sempre, subiu no meu colo, com os bracinhos na volta do meu pescoço e falou: "Mãe, me dá carinho! Todo mundo precisa de carinho se não o nosso coração fica doente, por isso as pessoas ficam doentes".

...

...

...

Segui em silêncio por um tempo, olhando aquele rostinho miúdo, aqueles olhinhos tão inocentes, cheios de amor e de razão e abracei, abracei muito a minha pequena e NADA, nada mais era urgente a não ser aquele mágico e inesquecível momento!

Então vamos refletir juntos: o quanto o seu, o nosso coração está doente por falta de carinho, de dar e receber afeto?

Que tal adicionar no topo da sua lista de tarefas um tempo para mandar um "Bom Dia", que tal assim, "sem motivo" dar aquele Uuuuupaaaaaa (abraço) apertado e só curtir este momento?

Faça isso! Já foi?

Não perca mais tempo, não deixe para depois! O tempo não volta, não espera e quem paga a conta?

O nosso coração!

Até a próxima!

Ahhhh... e um Abraço bem apertado!

SICOOB
ORAL UNIC PRINCIPAL
sl