PMF ABRIL

"Golpista do Tinder" cai em golpe e perde dinheiro ao tentar verificação no Instagram

Simon Leviev, que ficou conhecido como o Golpista do Tinder após a Netflix lançar um documentário no qual expõe como ele enganava as mulheres que...

Por redação em 02/03/2022 às 14:10:03

Simon Leviev, que ficou conhecido como o Golpista do Tinder após a Netflix lançar um documentário no qual expõe como ele enganava as mulheres que conhecia no aplicativo de namoro, caiu em um golpe e perdeu US$ 6.664 (cerca de R$ 51,6 milhões). Segundo o TMZ, Simon começou a conversar com uma mulher na semana passada que afirmou que ajudaria tanto ele quanto sua namorada, Kate Konlin, a conseguir um selo de verificação no Instagram. Ela alegou que trabalhou na Meta, empresa de tecnologia de Mark Zuckerberg responsável por redes sociais como Instagram e Facebook. Para convencer Simon, a mulher teria feito uma chamada de vídeo simulando que estava em um escritório movimentado, com funcionários da empresa andando atrás dela. Além do selo de verificação, ela garantiu que conseguiria excluir as contas falsas que foram feitas em nome de Simon.

Para isso, ele deveria pagar por PayPal um valor superior a seis mil dólares em duas transações, sendo uma para ele e outra para sua namorada. Simon teria feito o pagamento, mas seu agente achou o negócio suspeito e entrou em contato com a equipe da Meta. A empresa informou que não cobra por verificações e foi aí que eles descobriam que foram enganados. Os autores do golpe não foram denunciados, pois removeram todas as contas que tinham nas redes sociais e desapareceram com o dinheiro. Na tarde de terça-feira, 1, Simon conseguiu sua verificação no Instagram por meios legítimos. O israelense ganhou visibilidade após “O Golpista do Tinder” ser lançado no streaming. Ele teria faturado mais de US$ 10 milhões aplicando supostos golpes em mulheres. Em 2019, ele foi preso por fraude, roubo e falsificação e está banido do aplicativo de relacionamento. Em uma recente entrevista ao Inside Edition, ele negou que seja uma “vigarista” e afirmou que “era apenas um cara solteiro que queria conhecer algumas garotas no Tinder”.

Fonte: JP

Comunicar erro
SICOOB
ORAL UNIC PRINCIPAL

Comentários

sl